ROBERT PLANT, teu passado ME condena!

Antes de dizer qualquer coisa sobre o show de Robert Plant, vou abrir o jogo: o cara foi o símbolo sexual da minha adolescência. E isso, bem, não dá pra ignorar. Devia ter… Continuar lendo

CAT POWER: pisando em cacos de vidro

  Ela chega mancando. Atrasada e mancando. É quase uma da manhã no Circo Voador. A banda já está tocando há alguns minutos quando Chan Marshall entra no palco. Os primeiros versos de… Continuar lendo

NO TEMPO DO BOB

“Estamos preparados para mais de três horas de show?” Passava das oito da noite quando embarquei de carona, rumo ao concerto do The Cure, no Rio de Janeiro. Comigo, eram dois jornalistas, uma… Continuar lendo

NAQUELA NOITE, EU COMI O CHOKITO DO JARVIS!

Show do Pulp, no Via Funchal em São Paulo. Primeira vez da banda no Brasil, e minha primeira vez com o Pulp. A expectativa era ver, ao vivo, o show que eu assisti… Continuar lendo

THIAGO PETHIT: NU COM SUA MÚSICA

Quando marquei um café com Thiago Pethit, minha intenção era clara: descobrir como o dândi do Baixo Augusta vendeu sua alma ao diabo. Explico: tanto no EP quanto no álbum de estreia, Berlim,… Continuar lendo

Dichavando o clipe: “Dos Pés”

É um perigo fazer um clipe explorando as sensualidade. Pra coisa desandar pro mau gosto ou forçar uma barra, são dois segundos. Ainda mais quando a música “pede” justamente o contrário. Esse é… Continuar lendo

GERALDO FILME – prazer em conhecer

Pensa rápido: diga um nome de sambista paulista.? Adoniran Barbosa – vai cravar a maioria. Poucos vão lembrar de Geraldo Filme. Geraldo o quê? Não disse? Bem poucos.  Comparado a sua importância, é uma grande… Continuar lendo

BOBBY WOMACK: o sobrevivente

“Quando cheguei ao estúdio, estavam prontos para me receber. Eles acreditavam em mim, mais do que eu mesmo acreditava”. O depoimento sincero de Bobby Womack, pinçado do making of do seu novo disco The Bravest… Continuar lendo

BRITTANY HOWARD: a garota do diamante na garganta

Você sairia de casa para ver um show de uma banda de covers do Led Zeppelin, James Brown, Otis Redding? E se essa mesma banda de covers, anos depois, se transformasse no ALABAMA… Continuar lendo